Estudo do céu – Lua cheia – Eclipse lunar e Conjunção Saturno e Plutão

White_Flag 

No dia 10, a Lua cheia, no signo de Câncer, trará as emoções à flor da pele, e ainda haverá um eclipse  penumbral – quando a Lua cruza a extremidade norte da borda da região da penumbra terrestre. Será imperceptível, mas todo eclipse gera incertezas, e as posições planetárias não estão favoráveis, havendo oposição da Lua com Mercúrio, Sol, Saturno e Plutão.

O resultado dessa inquietação no Céu pode ser de conflitos que geram ansiedade e medo, mal entendidos que originam altercações, rompimentos, angústia e insegurança.

Não é um bom momento para a tomada de decisões e nem para brigas. As áreas da vida que já estão em crise podem transbordar, portanto o melhor a fazer por estes dias, é lidar com a rotina com leveza, ouvir música, recolher-se; também é útil  desenvolver o auto conhecimento através da meditação ou de terapias complementares, pois o Sol faz uma conjunção harmoniosa com Mercúrio, facilitando a razão, comunicação e compreensão.

 Saturno e Plutão se encontram do dia 12, exatamente  no mesmo grau, no signo de Capricórnio. Ambos já vêm se aproximando desde 2018.

O Senhor do Tempo Saturno leva 29 anos para  fazer seu ciclo em torno do Sol e o Poderoso Plutão, leva 240 anos, agora se encontram e  permanecerão próximos por todo ano. Este raro evento no Céu reforça a quebra de velhas estruturas e, ao mesmo tempo, alimenta as forças dos velhos podres poderes que persistem em continuar. Vem  chegando também o Grande Benéfico Júpiter, que já está em Capricórnio a se preparar para a Tríplice Conjunção, que ocorreu apenas 5 vezes nos 2 últimos milênios. É possível que nós estejamos diante  de grandes mudanças que poderão afetar toda a humanidade, e se cada um fizer sua parte, libertar o que já não serve, fortalecer o que tem de melhor no coração, trabalhar a generosidade e aceitação, talvez juntos possamos construir um novo e mais amoroso planeta.   

Estudo do Céu, 6 de Janeiro 2020

luacheia

A lua cresce no signo de Touro, bem aspectada com  Saturno e Plutão.

Um trígono num signo de Terra propõe que os desejos do início do ano sejam colocados em prática.

A conjunção Sol, Saturno e Plutão fortalece todas as questões relacionadas a projetos, assim como o entendimento sobre os erros do passado que não podem se repetir.

O momento pede cautela antes da tomada de decisões, pensamento investigativo, planejamento criterioso, pois está sendo forjado o que irá vir a ser um futuro mais responsável, seguro e estruturado mesmo que leve mais tempo.

Entretanto, este aspecto ativa  também muitas pressões daqueles que insistem no velho e obsoleto modelo.

O ainda regente Marte está em Sagitário, portanto uma euforia e agressividade exageradas tomam conta dos ânimos, prejudicando assim, a dissolução do arcáico para a construção do novo.

O momento é de compreensão de que para haver evolução será preciso descartar tudo o que não serve mais, inclusive quanto aos processos internos, as velhas dores que agora deverão ser expurgadas e  curadas em definitivo.

Estudo do Céu 2019/2020 23h 59’59”

     

eclipse

O ano inicia com a Lua Nova, que entra dia 26 de Dezembro, quando ocorre o Eclipse Anular do Sol e os efeitos deste evento ainda serão sentidos por vários meses; a Lua – emoção, encobre o Sol – razão, podendo gerar insegurança e medo, especialmente pela posição da Lua e do Sol em aspecto tenso com o Nodo Lunar Norte; é provável que venham à tona questões do passado, que causarão desafios para o futuro.

Com os dois planetas em  Capricórnio, signo da responsabilidade e seriedade, seremos chamados para o amadurecimento e pela busca da estabilidade, devendo assim, estarmos atentos para possíveis desequilíbrios emocionais.

A Lua Nova é propícia para os começos; no signo de Peixes, provoca o desejo na realização dos sonhos, que tanto poderão ser no campo afetivo, profissional ou mesmo para o início de uma profunda transformação na vida.

Momento onde é fortalecido o poder e a fé para alcançarmos nossas maiores ambições.

Muitos planetas estão no signo de Capricórnio, Sol, Mercúrio, Saturno, Júpiter e Plutão. advertindo que tudo deve ser pensado, planejado, estruturado com persistência, compromisso e muita paciência, inclusive este ano será marcado por algumas conjunções de planetas importantes neste signo de elemento Terra, ano de trabalho duro e de grandes reestruturações pessoais e globais.

Para quem tiver um projeto, é hora de colocar os planos em ação. Algumas rupturas são esperadas, e o aprendizado do desapego será fundamental para a depuração necessária, com o uso da originalidade e, também, da compaixão e da aceitação do novo e  diferente.

O ano astrológico será regido pelo Sol, e tanto poderá trazer a luz, verdade, vigor e generosidade, como também estimular o ego das lideranças que dão ordens e exigem obediência cega, mas só começa efetivamente, em 20 de Março, e até lá ainda estamos sob a regência do impaciente e agressivo Marte.

Ano que nos prepara para a Grande Conjunção – Júpiter e Saturno – no signo de Aquário, que acontecerá em 21 de Dezembro de 2020. quando daremos o primeiro passo em direção à Nova Era, a Era de Aquário. 

 

Virada 2019 2020.bmp

Mapa Astrológico Natal

O Mapa Astrológico Natal é a representação do céu no momento do nascimento, baseado em uma série de cálculos precisos, como data, local e hora de nascimento, é um forte instrumento de auto conhecimento e também de previsões de possíveis fatos que venham a se apresentar no decorrer da vida.

A Carta do céu, como também é chamado, sempre pode ser suporte para reflexão em todos os níveis:

–   percepção da auto imagem, escala de valores, e como atrair a prosperidade, como se dá o pensamento, a comunicação, bagagem familiar e relações com os pais, talentos a serem desenvolvidos, filhos, saúde, trabalho e carreira, relacionamentos, amor, projetos, viagens, missão de vida, tudo o que está oculto e necessita ser investigado para que seja conhecido e curado.

Durante a consulta, além da interpretação do Mapa Natal, são feitos diagnósticos de questões que estão sendo vividas no período.

                                         

 

Astrologia

mago

A  Astrologia  sempre esteve envolta em mistérios, o movimento dos corpos celestes despertavam a curiosidade dos povos do passado, caldeus, babilônicos, egípcios e povos antigos da Europa, viram que os acontecimentos do céu seguiam um padrão, as estrelas acompanhavam uma ordem fixa através do firmamento e os planetas vagavam excentricamente, mas num mesmo plano, contra o fundo estelar.

As mais antigas tábuas de movimentos planetários, foram traçadas em meados do século VII a.C.

Ao elaborar seu sistema cosmológico, os caldeus fizeram uso de doze constelações principais através das quais o Sol e a Lua passavam regularmente, e que foram as precursoras do Zodíaco.

A Astrologia tornou-se um saber, um modo de encarar a realidade, uma linguagem simbólica que insere Homem e Universo; sendo um conjunto de símbolos, aproxima o consciente do inconsciente e estabelece semelhanças do que está em cima com o que está embaixo, nos indicando caminhos globais rumo ao encontro do nosso próprio ser.